sábado, fevereiro 10, 2007

Sim porque Sim!



Sim! À interrupção voluntária da gravidez

Sim! À dignidade de todas as mulheres

Sim! Ao direito de decidir o presente e o futuro.

Sim! A uma vida desejada.

Sim! Ao direito à saúde.

Sim! A um País evoluído.

Sim! Ao amor.

Sim! À vida.


Melody

1 comentário:

Coupdefoudre disse...

Muito se tem escrito sobre esta temática nos últimos....22 anos. Agora que, mais uma vez, é dada a oportunidade ás portuguesas e portugueses, de alterarem a mal fadada lei de 84 temo-nos confrontada com posições deveras peculiares.

Senão vejamos:(...) "interrupção da gravidez" já não é crime precisamente nessas circunstâncias, ou seja: se for realizada para evitar perigo de morte ou de grave e duradoura lesão para o corpo ou para a saúde física ou psíquica da mulher grávida; se for de prever que o filho virá a sofrer de doença grave ou malformação congénita incuráveis; se a gravidez tiver resultado de crime sexual. Estes casos -repete-se - já são permitidos e não fazem parte da pergunta do referendo(...) E??? E, não será lesivo para a saúde psíquica de 1 mulher de 14/15 anos iniciar a sua vida sexual, utilizar preservativo mas, por um azar do destino ficar grávida pois o mesmo ficou mal colocado ou rasgou-se??
não será lesivo para a saúde de uma mulher estar grávida mas saber que não tem a possibilidade financeira de cuidar do seu filho como gostaria, sendo forçada a entrega-lo á guarida de outros??? não será lesivo para a saúde de uma mulher ter de ponderar a possibilidade de matar o eventual ser que gerou dentro dela, pois o simples facto de aventar essa hipótese já deve ser bem doloroso...
Todos têm direito a ter uma opinião, mas ninguém tem o direito de restringir a liberdade de outros nesta questão.

Time of Peace


Visit www.hostdrjack.com


A peace of freedom... Melody